Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/comunica/public_html/index.php:18) in /home/comunica/public_html/wp-content/plugins/wordpress-automatic-upgrade/wordpress-automatic-upgrade.php on line 121

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/comunica/public_html/index.php:18) in /home/comunica/public_html/wp-content/plugins/wordpress-automatic-upgrade/wordpress-automatic-upgrade.php on line 121
A Poderosa Força de Comunicação do TWITTER | Comunicando MAIS

A Poderosa Força de Comunicação do TWITTER

Antes Era Assim

Depois que surgiu a Internet, a maneira de comunicar-se mudou radicalmente, a informação trafega à velocidade de um piscar de olhos pelas fibras óticas e pelo ar, ao redor do planeta. Há pouco mais de 3 décadas, nos comunicávamos através dos telefones, que teimavam em não desgrudar da parede, presos por um fio. A tecnologia avançou vertiginosamente, até chegar aos dias atuais, em que os instrumentos de comunicação nos permitem falar sem a necessidade do teimoso fio. Imagino o que o meu avô, que viveu entre as décadas de 1900 e 1960, pensaria, se ele estivesse por aqui para ver como nos comunicamos hoje. Não precisamos voltar tanto no tempo…meus pais, ainda vivos e na faixa dos 80 anos, não entendem e não acreditam, quando tento mostrar e explicar. Devo parecer um louco para eles.

Sou da geração da transição, pois conheci o telefone preso à parede e que necessitava de telefonista para fazer uma ligação e hoje utilizo o celular, falo e me comunico usando a internet. Quando penso neste passado recente, tenho sempre a sensação que envelheci, porém, ao fazer as contas, noto que não faz tanto tempo assim (parece que foi ontem), início dos anos 90, que utilizei a internet pela primeira vez para me comunicar, por e-mail, voz e logo depois, imagem.

A Resistência à Mudança e a Onda

Há 2 anos atrás abri uma conta no TWITTER, porém, confesso que pouco utilizei, pois notei que iria entrar em parafuso com todas as ferramentas que surgiam a todo momento. O e-mail, Skype, Messenger, Orkut, Facebook, LinkedIn, foram envolvendo-me e deixei o Twitter de lado. Nestes dias ele bateu à minha porta mais uma vez, depois de tantas tentativas. Como adoro novidade e como engenheiro, a tecnologia sempre foi parte da minha vida, não resisti e mais uma vez a curiosidade e o novo, fizeram-me acessar a minha conta do Twitter e pesquisar mais sobre ele.

Atualmente tenho um amigo e colega de trabalho que é um especialista nesta área de TI (Tecnologia da Informação). O Robertson Reis, o Bob, (www.yeslinux.com.br) como o chamamos, estava usando o Twitter (@robertsonreis) com muito entusiasmo, mas pensei comigo – vou resistir, pois será mais uma ferramenta que vou ter que administrar. Porém, mais uma vez a onda cresceu, ficou enorme e me vi obrigado a aprender a surfar.

Surfando na Onda Para Valer

Tudo aconteceu porque resolvi comprar um pacote de viagem e como quase tudo no Brasil, recebi apenas o número do pedido, mas nada da confirmação da compra do bilhete eletrônico. Comecei a ficar preocupado, se na hora H ficaria na mão, tendo que correr atrás de outro pacote. Enfim, queria evitar uma dor de cabeça. Tentei falar com a empresa vendedora, por telefone, depois por e-mail e nada de obter resposta. Neste momento surgiu o segundo personagem nesta história, o engenheiro Alexandre Janini (www.asterisko.com.br), um pouco mais jovem que o Bob. Alê (@ajanini), como o chamamos, sabe tudo de mídias sociais, trabalha ao meu lado e é o meu outro consultor para as coisas de TI. Ele me disse: por que você não manda um tweet (mensagem enviada através do Twitter), para a empresa que vendeu o pacote?

Imediatamente entrei no Google, descobri o endereço da empresa no Twitter e mandei o “tal” tweet. Fiquei pasmado, 15 segundos depois (não errei não, não são minutos, são segundos mesmo) recebi a resposta da empresa, pedindo que eu enviasse o número do meu pedido. Mandei e nos próximos 15 minutos, tinha a confirmação de compra, débito no meu cartão de crédito e o bilhete eletrônico, com o número da cabine reservado.

Em seguida, ocorreu em São Paulo um encontro dos profissionais de TI de todo o Brasil – A Campus Party Brasil, na sua versão nº4 (#cpbr4). Ali estavam quase 7.000 pessoas tratando das mais novas tecnologias relacionadas à Internet. Durante todo o evento, do qual participei à distância, recebi as notícias através do Twitter e comuniquei-me com o pessoal do evento também através do Skype. O que impressionou foi a velocidade que as notícias trafegavam dentro e fora do evento, utilizando-se o Twitter.

O Mundo Comunicando-se pelo Twitter

Hoje pessoas, empresas, políticos estão utilizando a ferramenta para comunicar-se com seus seguidores ao redor do planeta em segundos. Se você quer saber o que está fazendo o seu ídolo musical, político, notícias emitidas pelo seu jornal, amigo, empresa, basta descobrir o @apelido (@ é sempre utilizado antes do nome do usuário no Twitter). Todo tipo de gente está conectado: o presidente Obama (@BarackObama), o Batman (@Batman), o Mickey Mouse, até Deus (@ocriador), o Diabo (@VaiEsquentar) e o papa para mediar a situação (@benedictoxvi). Para você que ainda não se conectou, basta entrar no site Twitter (www.twitter.com), fazer seu registro, depois encontrar as pessoas, com uma busca e pronto. Aperte o botão ”Follow” e você estará “Seguindo” tudo o que eles comunicarem, recebendo imediatamente, no seu computador ou celular.

O poder da comunicação do Twitter ficou demonstrado, por exemplo, na campanha presidencial americana, onde Barack Obama utilizou o poder desta mídia para angariar fundos e conversar com seus eleitores. Os candidatos à presidente no Brasil fizeram uso da força e a velocidade de penetração da ferramenta para chegar a seus eleitores. A presidente Dilma (@dilmabr) e muitos políticos estão no Twitter, dentre milhões de brasileiros.

Ele Veio Para Ficar

O Twitter é a ferramenta de comunicação que mais cresce no mundo, hoje já são dezenas de milhões de usuários pelo mundo afora, que estão descobrindo esta poderosa ferramenta de comunicação social. Como tudo que ocorre nos tempos atuais na área da tecnologia da informação, ninguém ousaria afirmar onde e no que vai dar, mas uma coisa é certa, o Twitter veio para ficar.

Diante dos fatos, o mínimo que podemos fazer é entrar na internet e pesquisar sobre o “tal” Twitter, abrir uma conta gratuitamente e começar a “brincar” de se comunicar, experimentando a incrível força desta rede social.

Puxa quase me esqueci, se quiser me acompanhar no Twitter, o meu endereço é: @festozo

* Gráfico Fonte: http://www.seomoz.org/

TwitterFacebookLinkedInDeliciousEmailShare
  1. Belo artigo João!
    Só uma correção: meu twitter é @ajanini.
    Abraço!

    • admin
    • janeiro 24th, 2011

    @Alexandre Janini
    Obrigado pelo reconhecimento e desculpas pela falha, já corrigida.
    Abração
    João Festozo

  2. Sensacional, não tinha visto esse gráfico ainda, de um ano para outro mais que dobrou..

  3. João,

    É com uma grande satisfação que leio este seu post, atravez dele me fez pensar a evolução da internet que passamos e concorcar com você que tudo isto faz tão pouco tempo.

    A exeperiência do Campus Party deste ano foi única. Sua participação até quase 6 da manha, envolvido com as gincanas com a galera e todo o apoio que você deu via Skype foi maravilhosa

    Não deixe mais de escrever, você tem o dom da palavra e isto não se perde e também não se guarda.

    Agradeço muito a citação.

    Grande abraço do amigo
    Bob

    • admin
    • janeiro 24th, 2011

    @alan david
    Grato pelo comentário e por chamar atençao, pois a fonte do dados ficou truncada. Agora, como deveria ter sido, está aparecendo no rodapé.
    O mais impressionante é a taxa anual 2009/2010 de crescimento – quase 3 vezes.

    Abraço,
    João Festozo

    • admin
    • janeiro 24th, 2011

    @Robertson “Bob” Reis
    Caro amigo,
    Grato pelo comentário, mas tudo só foi possível graças a sua paixão e entusiasmo, que acabou por me contaminar. Saiba que a minha participação naquela madrugada foi puro prazer, podendo conhecer e conviver com toda a turma da CPBR4.
    Além do mais, foi um grande impulso para mim para continuar escrevendo sobre Comunicação e temas afins.
    Conte sempre comigo, forte abraço
    João Festozo

    • Marina
    • janeiro 25th, 2011

    Pai, depois de muito resistir (pensava exatamente como o senhor antes: mais uma coisa para administrar dentre tantas outras que já temos), estou cedendo… assim que arrumar um tempinho vou abrir minha página no twitter!
    Obrigada pelo incentivo!
    Beijo

      • admin
      • janeiro 25th, 2011

      Oi Filha,
      Eu é que fico contente em ter obtido êxito no meu incentivo, pois o Twitter tem sido uma ferramenta muito útil e interessante para mim, sob o aspecto da comunicação rápida e eficaz. Penso que ele é realmente o SMS da internet.
      Obrigado por seu incentivo
      Beijo,
      Papai

  4. the information you provided was very useful because of your help. thank you.http://www.capitalbar.net

  5. yes, the posts are very good.http://www.listasegmentada.com

  6. thanks for such an excellent post and also the evaluate, i am completely impressed! maintain stuff like this coming.http://www.kitsucesso.com

  1. Nenhum trackback ainda.